11.10.04

sobre uma linha recta

Sou um homem cívico
Não grito
Falo baixo, jogo às escondidas
Um grito é a última hipótese
Cala-te!

Sinto, abafo
É proibido
Sou rígido
Frio
Amargo

Amo às escondidas
Não falo
Não posso

Está tudo escrito
Apontado
Agendado

Sou um servo
Disciplinado
Tenho cuidado
Desde o infantário que sou pontual
Nunca faltei

Sou civilizado



por
Willie Mays

2 Comments:

At 12:06 AM, Blogger fbonito said...

thanks, willie.
como sabes há muito tempo esperava que "postasses" esse poema porque, do teu já significativo "arsenal", é um dos meus favortitos.....

tenho andado deficitário nos posts originais devido a grande absorção pelo salo. tenho algumas ideias já semi-articuladas mas preciso parar para dar-lhes forma....

e, então, vamos ver o chico césar no dia 14?...dá uma dica, man!

 
At 9:05 PM, Blogger José Martins "Dudu" said...

willie no seu melhor.
Realmente não paras (ou melhor, já não...) de me surpreender.
Força meu amigo, só espero que tenhas esse "arsenal" (como diz o fbonito - tudo bem?) bem guardado.

 

Post a Comment

<< Home