10.11.05

Cada vez mais penso que as noções construídas à volta da individualidade-"isolamento", do "sentimento de si", do "be yourSelf", etc... mascaram (ou aliviam) o inextricável emaranhado que é pertencer à espécie humana. Quando olho para mim dentro das minhas fronteiras vejo mais o Nós do que o Eu. Somos homenagem involuntária a tudo e a todos, quer queiramos quer não, para o bem ou para o mal.

5 Comments:

At 2:44 PM, Blogger cbs said...

o universo é impiedoso.
só nos outros encontro algo.

se me odeiam fazem-me mal.
mas só quando me desprezam é que morro.
o pior, para mim, é a ausencia do desprezo absoluto.
o inumano.

eu

 
At 2:46 PM, Blogger cbs said...

muitas vezes penso e sou assim.
Não sempre.
felizmente

 
At 11:24 AM, Blogger E-clair said...

Os outros também:
nos amam,
se alegram quando passamos,
se lhes dá um nó quando partimos

Mas eu falava de outra coisa, do "mundo todo" cá dentro, do nó(s) humano.

 
At 1:09 PM, Blogger Horácio said...

Gostei muito e-clair! :)

Horácio

 
At 1:26 PM, Blogger cbs said...

o universo interior...

 

Post a Comment

<< Home