6.3.06

abismo

os bolsos são buracos vazios, sem luz e sem certeza
como o prato que espera pela comida
são lugares sombrios onde se escondem o medo que temos nas mãos
onde se escondem a solidão e as mãos que tremem ao vento lá fora
apavora o facto de que toda a ignorância criada caiba nas palmas das mãos
que a existência seja ignorância; que seja palpável, de todo subjugável e que tenha sido forjada em papel, pelas mãos dos homens
nas minhas mãos somente o vazio da ignorância
todavia, prefiro as mãos vazias, ao frio que as tenta lá fora


por Willie Mays

2 Comments:

At 3:19 AM, Anonymous k. said...

Adorei!!!!

bjos da
k.

 
At 11:14 PM, Anonymous Anonymous said...

Enjoyed a lot! »

 

Post a Comment

<< Home