9.12.04

retrospectiva das paisagens sonoras do ano: 2º melhor concerto


No centro Cultural Olga Cadaval (uma sala com excelente qualidade de som), usando apenas instrumentos fabricados nos nos 70 , Ed Motta proporcionou um dos melhores concertos do ano. Se cada vez que tocava, a audiência vibrava, nos espaços entre as músicas, Ed ainda encontrava tempo para, de forma bem humorada e descomplexada, falar das coisas que gosta, (música, comida, discos) e para "meter" umas alfinetadas noutras que gosta menos ( Lourie Anderson e U2 incluídos). Misturou soul, funk , jazz e temas de novela e terminou com o público rendido. O homem gosta mesmo do que faz.Posted by Hello

2 Comments:

At 4:22 PM, Blogger fbonito said...

This comment has been removed by a blog administrator.

 
At 4:36 PM, Blogger fbonito said...

Parece-me que estiveste no concerto que o trouxe a Portugal para divulgação do CD POPTICAL e, se assim foi, devo dizer-te que também o vi, no Hard Club em Gaia, numa sala muito singular....

Devo também confessar-te que o meu contacto com a musica dele e as influências que teve e que tanto divulga no seu site - http://www2.uol.com.br/edmotta/radioed/arquivo.htm - transformaram, em certa medida, a minha forma de ouvir e sentir alguma música feita nos anos 70...

O Ed é provavelmente um dos "artistas" mais completos que pude ver em cima de um palco. Tem, como poucos, a singular competência de aliar a refinada qualidade de instrumentista com a de cantor e uma grande capacidade de entretenimento em que o humor(do bom!)é a arma que "acaba" com as platéias...é muito difícil sair indiferente de um show do Ed.

 

Post a Comment

<< Home