24.5.05

A culpa é do Bloco, pá

O Jorge Coelho e o PS estão chocados e estupefactos com o valor do défice e deixa críticas ao anterior executivo, chegando a classificar as acções destes como irresponsáveis.

O PSD diz, através da agridoce voz de Dulce Franco, que o número não surpreende, a culpa é toda de Guterres e do PS, e acrescenta que se não fosse o governo do (PPD)-PSD-(CDS)-PP o valor ainda seria muito pior.

O Abre-Surdo não gosta nada de ver irmãos as turras e por isso, resolvemos ilibá-los da paternidade do macrossómico bebé.

A culpa só pode ser da esquerda,pá. É tão óbvio que não sei como ninguém se lembrou.

Reparem bem: O problema começou com o segundo governo de Guterres, certo? Ora, qual foi a grande novidade parlamentar nessas eleições? Resposta: A eleição dos deputados Louçã e Fazenda, pelo BE.

Acham que não basta? querem melhor prova de que a culpa é do Bloco? Então atentem no que se seguiu:

Veio «o pântano» e, como os pântanos são locais húmidos e quentes, foi preciso o país despir-se: novas eleições já com a «tanga» bem vestidinha. E o que foi que aconteceu? Mais um duro golpe para as finanças públicas: O Bloco ganhou mais um deputado.


Mesmo com o leite azedado, com país em hipoglicémia, não houve solução: Quem era félix, agora entristecia porque o défice, apesar da maquilhagem, continuava a acumular adiposidades.

A sentença é clara: O Bloco é o culpado.


Ah, e o PCP também, claro: Ninguém se pode esquecer que o PREC é filho do PCP, e, como é sabido, o PREC está na genealogia de todos os problemas do país pelo que não pode deixar de ser também responsabilizado pelo défice. Ainda que passem cem anos, a culpa será sempre do PREC.

O PREC é a mãe, o Bloco é o pai e o PCP - que é hermafrodita, repare-se como conseguiu sozinho conceber, ainda que involuntariamente, a "renovação comunista" - é o avô e a avó do défice.

O outros partidos, coitados, apenas são muito generosos e, como têm vivido alternadamente naquela casa muito grande chamada Governo, acordaram em adoptar e dar um pouco de educação a criança gulosa e mal comportada.

Está tudo explicado.

Se o Joaquim dos assuntos económicos da Europa nos vier chatear, como anda a fazer a Itália, a malta impege-lhe a verdade dos factos e pronto, pá. É da maneira que mandam para cá a NATO, para nos livrar da «extrema-esquerda radical.»

1 Comments:

At 4:20 PM, Blogger Roberto Iza Valdes said...

This comment has been removed by a blog administrator.

 

Post a Comment

<< Home